Documentos

Beja: Projeto “Medronho Bottle” distinguido com Menção Honrosa nos Prémio Empreendedorismo e Inovação CA

(…) A Menção Honrosa ao Jovem Empresário Rural foi atribuída ao projecto Medronho Bottle, um projeto de Ludovico Gago, natural de Beja, pelo desenvolvimento de um produto proveniente do medronho, resultando numa bebida suave, inovadora e de baixo teor alcoólico, com caraterísticas distintivas que não existem no mercado. Este projecto pretende, ainda, desenvolver quatro sabores distintos: Original (medronho), Laranja, Lima-Limão e Frutos vermelhos. (…)

Medronho em ano de produção baixa conquista mercado e comunidade científica

“A produção de medronho na região Centro baixou em 2021 face a anos anteriores, mas o fruto e derivados tendem a conquistar espaço próprio no mercado e mobilizam cada vez mais a comunidade científica. De norte a sul, o fruto rubro do medronheiro ganhou fama por rivalizar com o bagaço de uva na produção de aguardentes, principalmente nas zonas montanhosas pouco propícias ao cultivo da vinha.”

Medronho & Canela vence Prémio Food Fab Lab com pão de medronho

O pão de medronho desenvolvido por Rui Lopes, proprietário da Medronho & Canela – Inovação Alimentar e Nutricional, venceu a quarta edição do Prémio Food Fab Lab 2020.

A inovação, a degustação e o potencial de mercado foram os três critérios determinantes na escolha.

O proprietário desta empresa, que é uma spin off do Politécnico de Leiria, é igualmente investigador no Centro de Inovação em Tecnologias e Cuidados de Saúde (CiTechCare), do Politécnico de Leiria.

No novo bar do cinema São Jorge há cocktails e petiscos — tudo feito com medronho

Encontrar medronho no menu de um bar em Lisboa pode ser uma tarefa complicada. Apesar de ser uma bebida nacional, poucos são os espaços que o trabalham. Porém, a história é outra no novo bar da Avenida da Liberdade. Tanto é assim que a cafetaria do Cinema São Jorge passou a ser CaféCinema São Jorge – A Medronharia desde o final de maio. O destilado é usado para os vários cocktails, em alguns pratos e até no álcool-gel com que os clientes podem desinfetar as mãos.

Licor de Medronho da Silvapa ganha medalha de Ouro no 10º Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses

“O Licor de Medronho da empresa Silvapa, sedeada na Madeirã, concelho de Oleiros, voltou a ser reconhecido como “Melhor dos Melhores” licores nacionais e com Medalha de Ouro, no 10º Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses, organizado pelo CNEMA — Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, com o apoio da Qualifica/oriGIn Portugal.”

Academia do Medronho vai nascer em Odemira

“A Associação Arbutus, com sede em Odemira, acaba de lançar a Academia Medronho SW, que visa ensinar a profissionais das áreas da restauração, hotelaria e bar, entre outras, a preparar cocktails com aguardente de medronho. O projecto, apresentado publicamente no passado mês de Novembro, resulta de uma parceria da associação com a Cocktail Academy, de Paulo Ramos, e tem como grande meta valorizar a fileira deste produto endógeno das zonas interiores do concelho.”

Aguardente de S. Teotónio é a melhor de Portugal

“E a melhor aguardente do país é a “Medronho Original”, produzida pela empresa Júnior Jacques Destiladores, instalada na zona de São Miguel, na freguesia de São Teotónio (concelho de Odemira). A distinção foi atribuída durante o 5º Concurso Nacional de Aguardentes Não-Vínicas, recentemente realizado em Santarém, em que a aguardente de medronho do Alentejo Litoral não recebeu um, mas dois prémios: a “Medalha de Ouro”, na competição de aguardentes de medronho, e o prémio “Melhor dos Melhores”, que considerou todos os vencedores nas diversas categorias a concurso.”