Bem vindo à plataforma Emed – Empreender na Fileira do Medronho, um serviço estratégico e inovador disponibilizado a todos com interesse na fileira emergente do medronho. Com vista ao desenvolvimento da fileira, Emed procura fomentar o estabelecimento de interações e soluções colaborativas entre produtores do fruto, e entre estes e outros agentes relevantes (destiladores e empresas de transformação, técnicos especialistas, investigadores, investidores…).

Em Destaque

Pão de medronho está à venda

(…) Desenvolvido nos últimos 10 anos pelo chefe de cozinha e nutricionista Rui Lopes, mestrando em Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar da Escola Superior Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) do Politécnico de Leiria, o primeiro pão de frutos vermelhos é obtido a partir de farinhas não corrigidas, de longevidade superior, que lhe permitem manter a frescura e macieza interna até ao sexto dia de vida útil. (…)

O medronho não dá só aguardente. Em Vila Nova de Tazem dá azeite

Uma chegada inesperada ao lagar de azeite de Vila Nova de Tazem. “É medronho apanhado ontem, em Oliveira do Hospital, no Vale dos Sonhos, inclinado para o Rio Alva, onde arderam 40 hectares de medronheiros”, descreve Nuno Pereira, 39 anos, sob o olhar atento de outros produtores de azeite que, curiosos, espreitam as caixas com o fruto que costuma ser utilizado para aguardente.

Inquérito Coopera_RS – Medronho

O projeto COOPERA_RS insere-se no âmbito do programa PROVERE de Valorização Económica de Recursos Endógenos na região do Alentejo e pretende promover práticas de cooperação e competição dentro das fileiras dos recursos silvestres. Este inquérito tem como objetivo identificar e georreferenciar os recursos públicos e privados existentes (equipamentos, infraestruturas, outros) e potencialmente partilháveis dentro da fileira, de maneira a apoiar e estimular a criação de valor em torno dos recursos silvestres.

Próximos Eventos

There are no upcoming events.