Novos caminhos para a fileira do medronho — Aplicações alimentares do medronho: conservação, processamento e transformação

Data: 1. 6. 2019

Hora: 14:30 - 17:30

Localização: Escola Superior Agrária - I.P. Beja

Organizado pela Arbutus, realizar-se-á no próximo dia 1 de Junho (Sábado) à tarde, no auditório da Escola Superior Agrária do I.P. Beja. mais um evento do projecto Inov@sFileiras, desta vez com o tema: “Aplicações alimentares do medronho: conservação, processamento e transformação”.

Sendo um tema de grande importância para as perspectivas de diversificação e desenvolvimento da fileira do medronho, este evento pretende fazer um ponto da situação sobre as possibilidades actuais e futuras do uso do fruto do medronho (e derivados) para produtos alimentares. Encerrada por um lanche com produtos à base de medronho, a jornada incluirá apresentações sobre os resultados de investigação recente nesta matéria e sobre as experiências com aplicações do medronho desenvolvidas por algumas marcas comerciais, contribuindo assim para um diálogo entre estas duas fontes de conhecimento.

O programa previsto é o seguinte:

14h30 Abertura e apresentação do Projecto Inov@sFileiras

14h45 Industrialização do medronho: Novas perspectivas, novas matérias-primas, novos produtos – Ivo Rodrigues (ESAC-I.P. Coimbra)

15h15 Inovação e novas tecnologias no aproveitamento do medronho – Carlos Ribeiro (ESA-I.P. Beja)

16h00 Experiências comerciais com produtos à base de medronho
·      Confitados, patês, bombons — Sugar Bloom, João Dias (ESA-I.P. Beja)
·      Pão à base de medronho — Pão Medronho®, Rui Lopes (I.P. Leiria)
·      Doces, geleias, biscoitos — Moinho da Vila, Carmen Alves

 16h30 Discussão Geral

17h00 Lanche com produtos à base de medronho

 

Confirme por favor a sua presença através dos contactos da Arbutus:  arbutus.associacao@gmail.com / 938 229 782.

Agradecemos também que nos ajude a divulgar este evento entre todos os potenciais interessados por esta oportunidade para conhecer mais acerca do potencial alimentar do medronho para além da tradicional produção de destilados.